31.12.07

2007

Foi um bom ano: profissionalmente incomparável; sentimentalmente, com experiências únicas para o bem e para o mal; pessoalmente, tornei-me adulto.

Sem comentários: